Blogger templates

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Entrevista exclusiva a Cláudio Pitbull (avançado do Vitória de Setúbal)

O avançado do Vitória de Setúbal, Cláudio Mejolaro, mais conhecido por Cláudio Pitbull, em entrevista exclusiva ao FAS - Futebol Ao Segundo, salientou que a equipa de Setúbal, apesar de ser uma boa equipa, não teve sorte durante a época. 

FAS - Futebol Ao Segundo (FAS)Com que idade começou a jogar oficialmente e em que clube?
Cláudio Pitbull (CP) - Comecei a jogar nas escolinhas do Grêmio de Porto Alegre com 10 a 11 anos.

FAS - Qual o seu percurso desportivo?
CP - Joguei no Grêmio quase 11 anos, pelo meio fui emprestado ao Juventude de Caxias do Sul (Brasil). Depois fui vendido ao FC Porto, onde lá permaneci 6 meses. Após isso fiquei 3 meses na Arábia. Depois voltei ao Brasil, onde joguei, emprestado pelo FC Porto, no Santos e Fluminense. Voltei, no entanto, a Portugal, e joguei na Académica, Vitoria de Setúbal. Ainda joguei no Rapid da Roménia, Maritimo, e novamente, o clube que represento, o Vitória de Setúbal.


FAS - Quando surgiu a oportunidade de jogar nos Nacionais, qual foi a sua reacção na altura e o que esperava?
CP - A estreia nos profissionais, com 16 ou 17 anos, era um sonho que eu não acreditava que se podesse realizar. Até queria chegar a ser um ídolo.

FAS - Que balanço faz de si, como jogador, e da sua equipa?
CP - Eu sou um jogador guerreiro, aliado com alguma técnica. A equipa é boa, mas não tivemos sorte durante a época.

FAS - Dado que falta uma jornada para o fim da época, e já com a manutenção garantida, o que podemos esperar da equipa do Vitória de Setúbal no futuro?
CP - Que fique no lugar que merece, disputando os lugares de acesso à UEFA. 

A equipa técnica do FAS - Futebol Ao Segundo, agradeçe a disponiblidade e prontidão do avançado do Vitória de Setúbal, Cláudio Pitbull, desejando-lhe muitas felicidades.

Fotos: Direitos Reservados    

Sem comentários: